Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Para quem ainda admira o sr. Cavaco Silva, por Luís Garcia

 

 

Luís Garcia POLITICA SOCIEDADE ECONOMIA

O rácio entre o salário máximo (na função pública) e mínimo no tempo de Marcelo Caetano era de 9,13, uma vergonhosa e flagrante injustiça social. Nos primeiros anos de democracia baixou-se a injusta diferença para 3,53, francamente menos mal, mas foi sol de pouca dura, foram medidas tomadas nos tempos conturbados de instabilidade política e mudança governamental constante, governos esses, pese embora durassem em média poucos meses, foram os únicos em que participaram membros verdadeiramente de esquerda, os mesmos que forçaram este tipos de medidas.

 

Depois veio a acalmia política, a estabilidade, a tranquilidade necessária para o senhor Cavaco Silva, com maiorias absolutas, tomar as rédeas do país. Entre as mais espectaculares e anti-democráticas medidas desse período consta esta, convenientemente ignorada pelos mesmos media que tudo fazem e dizem para convencer o poveco a admirar o senhor Cavaco:

    • Em 1989, de repente e sem qualquer explicação lógica, Cavaco Silva ordenou subir o salário máximo de 605€ para 1448€, enquanto o mínimo passou de 143€ a 176€. A subida numérica do salário máximo foi equivalente a quase 6 ordenados mínimos! O rácio entre máximo e mínimo disparou de novo, para 8,19!
    • E para a malta do PS não mandar piadas, Sócrates, em pela crise portuguesa e mundial de 2008/09, subiu o salário mínimo de 427€ para 450€, e o máximo de 3002€ para 3364€! Democratíssimo hein?

 

E a malta vai votando e beijando o cu a estes bandidos! E ficam felizes! E depois deixam de estar de felizes e queixam-se, queixam-se muito dos políticos e do seu triste fado português. Achincalham o rosa para lá pôr o laranja, fazem reset-cerebral e, passados 4 anos, glorificam o rosa e espezinham o cessante laranja, nesse vai~e~vem contínuo de grotesco masoquismo democrático... Nos nomes partidários dessa máfia portuguesa bicéfala, PS-PSD, vem escrito um S de socialismo, mas esse é o único local onde o podem encontrar...

 

Quanto ao "nosso" Cavaquinho, agora que vai dizendo que é pobre e tal, agora que a malta do contra - como eu -  vai publicando foto-espezinhamentos merecidos, parece que a malta mansa, a malta obediente, pacata e conformada, por mal-informada também o ser, vai continuando a dizer que "o admira", indignada e "tomada de surpresa" pelas "inesperadas palavras" do senhor presidente, mas ainda assim admiradores confessos do caquéctico servente do ditador capitalismo.

 

Pois continuai a admirá-lo, bom proveito, mas entretanto, admirem-se também com o admirável roubo de 1989 que o senhor Cavaquinho vos ofereceu...

 

Fonte: Pordata

Luís Garcia, 22.01.2012, Šironija, Lituânia

 

 

 
Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas