Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Mulher é objecto!

RELIGIÃOLuís Garcia  

 

Pela tarde chegaram os dois anjos a Sodoma. Lot, que estava assentado à porta da cidade, ao vê-los, levantou-se e foi-lhes ao encontro e prostrou-se com o rosto por terra. "Meus Senhores, disse-lhes ele, vinde, peço-vos, para a casa de vosso servo, e passai nela a noite; lavareis os pés, e amanhã cedo continuareis vosso caminho." "Não, responderam eles, passaremos a noite na praça." Mas Lot insistiu tanto com eles que acederam e entraram em sua casa. Lot preparou-lhes um banquete, mandou cozer pães sem fermento e eles comeram. Mas, antes que se tivessem deitado, eis que os homens da cidade, os homens de Sodoma, se agruparam em torno da casa, desde os jovens até os velhos, toda a população. E chamaram Lot: "Onde estão, disseram-lhe, os homens que entraram esta noite em tua casa? Conduze-os a nós para que os conheçamos." Gênesis 19:1-5

 

The Destruction of Sodom and Gomorrah - John Martin - 1852 The Destruction of Sodom and Gomorrah - John Martin - 1852

 

A passagem não é clara quanto às reais intenções dos habitantes de Sodoma em relação aos dois mensageiros (sim, mensageiros e não anjos! A palavra "anjo" vem do grego αγγελιαφόρος - anguelofóros - que significa precisamente: mensageiro! Portanto nada de asas, quiçá um cavalo ou até mesmo um burro, para as deslocações!). Exigiram a Lot que lhes os apresentassem, assim, simplesmente, que lhes dessem-nos a "conhecer, mas, tendo em conta a reputação da cidade e, acima de tudo, a interpretação oficial da Igreja católica, o que quereriam provavelmente seria abusar deles. Grandes malucos!

 

Como para Lot a liberdade e a integridade física e psicológica de 2 estranhos (machos) valeriam bem mais do que as das suas filhas (fêmeas), sem hesitar, contrapropôs:

 

Ouvi: tenho duas filhas que são ainda virgens, eu vo-las trarei, e fazei delas o que quiserdes. Mas não façais nada a estes homens, porque se acolheram à sombra do meu tecto." Gênesis 19:8

 

Peculiar o amor deste homem pelas suas filhas; horrífico o sentido de justiça do deus judeu, Jeová! Porquê? Porque depois de ouvir tal barbaridade (afinal deus é omnipresente), é este o único homem (Lot) que deus decide poupar dentre a numerosa população da cidade. Portanto aceita o homem que entrega facilmente as suas filhas para serem violadas (decide poupar apenas este e a sua família da chacina próxima! Que recompensa, hein? Deus poupando proxenetas!), e manda queimar e arrasar uma cidade inteira apenas porque nela homens (e mulheres?) homossexuais assumem e desfrutam da sua sexualidade. Se deus tem tamanho nojo e repúdio por homossexuais, por que razão, na sua omnipotência, criou seres humanos com tendências homossexuais? E por que razão não lhe enoja o vil tratamento dado às mulheres pelos homens heterossexuais? E por que raio se lembra de queimar uma cidade inteira em vez de queimar apenas aqueles homossexuais que desejavam abusar dos 2 mensageiros! E cuidado, guerra preventiva (aos homossexuais)? Cuidado com o conceito...

 

Os dois homens disseram a Lot: "Tens ainda aqui alguns dos teus? Genros, ou filhos, ou filhas, todos os que são teus parentes na cidade, faze-os sair deste lugar, porque vamos destruir este lugar, visto que o clamor que se eleva dos seus habitantes é enorme diante do Senhor, o qual nos enviou para exterminá-los." Gênesis 19:12-13

 

Genros!?! A julgar pela virgindade das suas filhas, não deveria ter! Aposto é que Lot, depois de confirmar que as suas filhas teriam entretanto sido violadas (tal como Lot havia desejado), com toda a calma, terá chamado os dois violadores para o acompanhar na qualidade de genros! Ah, assim percebe-se melhor!

 

Mais sensatos terão sido os violadores, que pelos vistos terão ignorado os subentendidos convites de casamento, tamanha imbecilidade (e pensar que se torcem e se contorcem de beata piedade os católicos dos nossos dias quando ouvem histórias do género ocorridas no Afeganistão ou alhures)! Então não bastou ver as suas filhas serem violadas após oferta sua, como ainda por cima as queria casar com os mesmos violadores? E insisto, era este o homem que o deus bíblico pretendia salvar de Sodoma!?! Violado deveria ser deus!

 

Saiu Lot, pois, para falar a seus genros, que tinham desposado suas filhas: "Levantai-vos, disse-lhes, saí daqui, porque o Senhor vai destruir a cidade." Mas seus genros julgaram que ele gracejava. Gênesis 19:14

 

Já depois de ter chacinado as populações de Sodoma e Gomorra e de ter transformado em estátua de sal a mulher de Lot como castigo por ter olhado para trás no momento do "ataque nuclear" (deus castiga com "pena de morte" o "crime" de "curiosidade"? Da-se! E ainda falo eu mal do sistema judicial norte-americano!), deus instalou Lot e as suas duas filhas numa gruta situada no cimo de uma montanha. Ah, merecido descanso!

 

Sem dúvida não foram os textos bíblicos escritos por mulheres, mas sim por homens. E por homens que não só não tinham qualquer respeito pelo sexo oposto, como também o não entendiam de todo. É que depois de tudo o que passaram "nas mãos" de homens, incluindo o seu ignóbil pai, as duas raparigas não pareciam apresentar trauma algum nem guardar nenhum rancor contra o único homem restante nas redondezas, Lot. Melhor ainda (ou pior ainda), imbuídas num espírito duma inesperada solidariedade nacionalista, em vez de irem procurar mais tarde e bem longe homens com quem se casar, estas preferiram embebedar o seu próprio pai e "abusar" deste enquanto ébrio, garantindo assim a continuidade da linhagem do proxeneta preferido de deus. Por favor! Mais quem é que vai nesta cantiga! Que mulher neste planeta teria tomado tal atitude, com ou sem os agravantes antecedentes!?! E por que raio tinham os criadores (homens) destes textos de inventar tal improvável forma de ocorrer o incesto? Não seria mais lógico que estivesse Lot mais preocupado com a perpetuação da sua descendência? E não seria mais fácil para ele abusar das suas filhas, pela força ou simplesmente ordenando-as a submeter-se às suas ordens? Afinal, para quê querer poupar de infâmia um homem que já tinha cometido maiores atrocidades? Ahhh, pois é, aos olhos dos autores (machos por certo machistas) deste pedaço de excremento lírico, Lot ainda se manteria o homem puro: entregar as suas filhas para serem violadas por estranhos seria tão natural como inspirar e expirar ar puro da montanha. Mas incesto não! Não, nem pensar! Ah, as filhas é que decidiram abusar dele, o pobre coitado - menos mal que a sua descendência ficou garantida no processo -, e aos olhos de deus ele continuava puro, puríssimo... Impuros eram os "deficientes" porcalhões que teimavam em manter relações com pessoas do mesmo sexo! Daí terem levado com a ira e com o enxofre divinos! Continuemos:

 

A mais velha disse à mais nova: "Nosso pai está velho, e não há homem algum na região com quem nos possamos unir, segundo o costume universal. Vem, embriaguemos nosso pai e durmamos com ele, para que possamos nos assegurar uma posteridade." Elas fizeram, pois, o seu pai beber vinho naquela noite. Então a mais velha entrou e dormiu com ele; ele, porém, nada notou, nem quando ela se aproximou dele, nem quando se levantou. No dia seguinte, disse ela à sua irmã mais nova: "Dormi ontem com meu pai, façamo-lo beber vinho ainda uma vez, esta noite, e dormirás com ele para nos assegurarmos uma posteridade." Também naquela noite embriagaram seu pai, e a mais nova dormiu com ele, sem que ele o percebesse, nem quando ela se aproximou, nem quando se levantou. Assim, as duas filhas de Lot conceberam de seu pai. Gênesis 19:31-36

 

Para cima e para baixo com a pila do pai e ele nem se apercebeu! Tão cortês o velhote!

 

E não me venham dizer que é preciso contextualizar a obra com a época em que terá sido pela primeira vez vomitada! Um deus perfeito não aceitaria jamais tamanhas barbaridades! Um deus perfeito não descriminaria homossexuais! Muito menos chaciná-los! Ou melhor, porque razão escolheu o deus dos católicos propagar a sua mensagem à 2 ou 3000 anos atrás e não agora, no séc. XXI, num tempo em que moral e socialmente já não é aceite o lenocínio nem a violação como actos normais e banais!?! Dizem-me os crentes que deus existiu desde sempre? Pelo menos 13.000 milhões de anos desde o Big Bang segundo contas de astrónomos. Não podia ter esperado uns meros 2000 o brincalhão? E se, por outro lado, se a ansiedade era de tal forma avassaladora, porque não usufruiu da sua omnipotência para mudar a moral e os costumes da altura, em vez de se meter em filmes hardcore como este!?! E não, por favor, não me venham com CONTEXTUALIZAÇÕES! Não me venham com subtis e caquécticas INTERPRETAÇÕES! Não defendam o indefensável!

 

(Versão original: Luís Garcia, 2011, Lituânia)

Versão actualizada: Luís Garcia, 01.08.2015, Lampang, Tailândia

 

FAÇA DOWNLOAD DESTE ARTIGO EM PDF:  PDF

 

 

 

 
Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas

Categorias

POLITICA - banner

SOCIEDADE - banner

VIAGENS - banner

RELIGIÃO - banner

ECONOMIA

Literatura

Tecnologia

CIENCIA

FOTOGRAFIA

EN FRANÇAIS

IN ENGLISH

 

Livros em PDF - LISTA DE AUTORES POR ORDEM ALFABÉTICA

Os Nossos Artigos em PDF

Arquivo

O gestor do blog

foto do autor

Siga o blog

Follow