Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Comprovado sem provas, por Luís Garcia

 

 Desespero Mediático 15

DESESPERO MEDIÁTICO 15

Luís Garcia POLITICA SOCIEDADE   

A RTP

O que eu me riu a ler e a assistir "notícias" da RTP como esta: Serviços de inteligência americanos confirmam intromissão russa nas eleições! O texto desta notícia é tão hilariante que decidi partilhá-lho aqui na íntegra:

As suspeitas de que Vladimir Putin interferiu nas eleições presidenciais norte-americanas estão agora confirmadas num relatório assinado por várias agências, incluindo FBI, CIA e NSA. O relatório já está nas mãos de Donald Trump.

 

Se eu quisesse ser mauzinho até começaria já a chamar de analfabetos aos jornalistas deste serviço público cujas cabecinhas pequeninas (diria eu entretanto) não conseguem distinguir "americanos" de "norte-americanos"... mas não, não vou por aí! Duas pessoas trocando dois dedos de conversa usando a expressão "americanos" entende-se, eu também o faço, agora quando se escreve um texto no site da RTP... mas bom, não vou mesmo por aí, vou já directo ao assunto da "notícia". 

Quem escreveu esta brincadeira afirma que estão "confirmadas" as suspeitas sobre Putin. Diz o senhor Filipe Pinto, da RTP, que já está "confirmado", que é como quem diz "comprovado". Ora não! Ninguém CONFIRMOU nada, apenas AFIRMOU, o que é completamente diferente! Leia o relatório aqui e confirma que ninguém CONFIRMOU o que quer que seja! O relatório apenas contém insinuações, suspeitas e AFIRMAÇÕES assentes no vazio. 

 

 

A sério, insisto, e tendo em conta que CONFIRMAR pode ser sinónimo de COMPROVAR, para a RTP, COMPROVAR sem PROVAS é algo que faz sentido. Mas não faz! E eu perguntou-me, andará tudo xoné da cabeça? Esta malta pseudo-jornalista já nem entende o significado das palavras que utiliza? Mas desceu assim tão baixo o nível de conhecimento da língua portuguesa, quer por parte dos produtores de propaganda quer por parte dos consumidores desta? Que vergonha!

 

E afinal, para quê falar de CONFIRMAÇÃO ou COMPROVAÇÃO se o departamento de estado dos EUA, essas 17 agências de intelligentsia e o próprio Barack Oguerra já disseram que têm provas mas que não as mostrarão por "razões de segurança", o que, traduzido de politiquês para linguagem corrente, significa "não há provas"!

 

"Ahhh, e tal, mas o relatório é oficial e é um documento que foi entretanto desclassificado, portanto temos de o levar a sério". Mais coisa menos coisa foi isto que ouvi de um new-ager bem-pensante italiano que conheço aqui em Chengdu, hehe! Como ele, aposto que haverá por aí fora muitos dizendo o mesmo ou parecido. Mas não. Temos pena mas não. Não há como o levar a sério. Primeiro porque a fonte não disse que o documento foi desclassificado, pese embora os manipuladores media ponham em evidência o termo e o manipulem perversamente para dar um toque sensacionalista e apelativo, para que o leitor distraído e muito crente conclua erroneamente "ahhh, já viste, isto era classificado, era segredo, uohhhh, então é cena pesada"! Mas não, o que maquievelicamente é dito no início do documento é que esta PARTE acessível ao público foi retirada de um documento, este último sim, CLASSIFICADO! Sim, o documento é oficial, e depois? "Oficial" é sinónimo de "verdadeiro"? Não, não é, e além do mais foi apresentado por James Clapper, director da NSA, o mesmo que em 2003 tinha a certeza das PROVAS sobre as armas de destruição massiva de Saddam Hussein que NUNCA existiram! O mesmo James Clapper que em 2013 teve de fazer um forçado acto de contrição e admitir que a norte-americana NSA andava a vigiar ilegalmente o planeta inteiro, inclusive todos os seus aliados, inclusive os telefones privados dos chefes de estado dos países seus aliados! Irra, "levar a sério" esta gente? Ide comer merda pessoal lobotimizado! 

 

15871441_365202033844849_8898516561702143987_n.jpg

 

Também já vi malta "argumentar", hehe, que "é um documento de 20 e tal páginas...". E? E se fossem 100 ou 1000? Que me interessa o tamanho se o conteúdo é nulo? Então e se as 17 agências de intelligentsia gringas tivessem produzido um documento de 1.000.000 de páginas no qual AFIRMASSEM, sem no entanto COMPROVAR com PROVAS, que "o céu afinal é verde"!?! A RTP e toda a ovelhada passaria a partir desse dia a considerar que a cor do céu é verde? Ou iriam à rua captar com os seus olhos a prova de que o céu não é verde mas sim azul! Ahhh...

 

Já agora, o documento de 25 páginas apenas apresenta 11 páginas de conteúdo, sendo parte do conteúdo gráficos e printscreens de transmissões da Russia Today! Sim, da Russia Today, ahaha! Mais, metade do relatório fala do canal russo Russia Today e não do Putin gamando dados ao Democratic National Committee (DNC)! Que risada!

 
E depois, mesmo que seja um dia COMPROVADO com PROVAS que a Rússia roubou os emails de Clinton, como, com que raio de jigajoga alucinante, esse roubo de documentos conseguiu segurar nas canetas dos votantes e forçá-los a por cruzes nas caixinhas correspondentes à candidatura de Trump? Mas como é que gente lúcida e com faculdades mentais em funcionamento engole uma destas? E como não reparam que toda esta estória da treta sem pés nem cabeça serve um só propósito: desviar as atenções do público para longe do conteúdo dos emails trocados entre Clinton e Podesta! Como por exemplo, a confirmação que Clinton e o rei saudita conversaram sobre a doação de dinheiro para financiar o ISIS! Isto sim é gravíssimo! E é bem documentado, PROVADO com as PROVAS que são os emails obtidos pela Wikileaks (e não os russos, e não Putin)!
 
 
Por fim, pegando num comentário de um seguidor do blog, Rui Portugal, há ainda outro argumento interessante: "A ser verdade, só prova a estupidez e incompetência do sistema eleitoral americano ... eles até deviam de ter vergonha de divulgar notícias destas ... o que mostra a palhaçada descomunal da política (e não só) americana...". Estou completamente de acordo. Se fosse verdade seria uma descomunal vergonha, não só para o sistema eleitoral norte-americano mas também para a multi-bilionária máquina de intelligentsia norte-americana!
 
 
O relatório
Quanto ao relatório, esta brincadeira de mau gosto, ao contrário daquilo que possa ser levado a acreditar, não afirma apenas que Putin pessoalmente espiou o DNS, não! Ahh, afirma muito, muito mais. Estórias de espiões dos anos 70, Russia Today culpada de ter alterado o resultado das eleições dos EUA, estatísticas COMPROVADAMENTE erradas, e por aí fora! A sério, leia o relatório, dá para sacar umas grandes gargalhadas:
 
Para aqueles mais cépticos em ralação ao que acabo de defender, aconselho assistir a este debate na Russia Today, no qual participou Brent Budowsky, um comentador político com ligações a Hillary Clinton e John Podesta, os 2 nomes por detrás do escândalo dos email tornados públicos. Assisti com atenção e espantai-se com os "argumentos" de Brent Budowsky em defesa das organizações de espionagem norte-americanas e dos seus amigos Podesta e Clinton! Muito bom mesmo!
 
 

 
Para os mais interessados pelo tema, aconselho mais alguns vídeos onde poderão ouvir argumentos e factos bastante pertinentes, nomeadamente o mais recente episódio de Cross Talk "Blaming RT" apresentado por Peter Lavelle:
 
 
 
E este 4 vídeos mais curtos:
 
 
 
Agora, só para meter nojo, e não sem antes vos lembrar que esta imensa máquina de intelligentsia norte-americana tem um custo anual de 80 biliões de dólares, a sério, vou apresentar um, apenas um exemplo da tremenda infantilidade de quem elaborou o raio do relatório! Como é que neste relatório pode ser afirmado que a RT em conjunto com a RT América tem 450.000 subscritores (subscribers) quando é infinitamente-estupidamente fácil de comprovar aqui que a RT tem mais de 2.000.000 de subscritores e aqui que a RT America tem mais de 400.000 subscritores! Total de subscrições: +2.400.000! A sério, abram o relatório na página 11 ou vejam o printscreen abaixo:

idevosfoder.jpg

 

 

Agora caro leitor, vá confirmar e comparar por si próprio os restantes dados sobre seguidores da Russia Today no Twitter ou facebook, etc...

 

Ahhhhh, deixem-me rir...

Luís Garcia, 10.01.2017, Chengdu, China

 leia mais artigos de Desespero Mediático aqui

 

 
Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas