Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Apologia do Terrorismo nas Primárias Norte-Americanas, por Luís Garcia

 

 

Luís Garcia POLITICA SOCIEDADE 

No dia 11 de Janeiro deste ano, Mostafa Ahmadi Roshan, um cientista do programa nuclear iraniano foi morto num atentado terrorista, através do uso de uma bomba colocada na moto com que regularmente se deslocava. Foi o 5º ataque do género a cientistas nucleares iranianos desde Janeiro de 2010, e o 4º que resultou em morte. Não é difícil de imaginar quem terá levado a cabo estes bárbaros actos terroristas contra civis num país pacífico, certamente os serviços secretos dos EUA e Israel serão os autores morais e/ou materiais, afinal passam a vida a ameaçar o Irão com actos bem piores devido à persistência do Irão em seguir o seu direito fundamental e inalienável de desenvolver tecnologia nuclear civil enquanto estado signatário do NPT e membro de pleno direito da AIEA.

Toda esta história já foi longe demais, e no entanto, parece que a maioria do povo ocidental não dá muita importância à morte destes muçulmanos barbudos e de nomes impronunciáveis. Pergunto-me o que diriam ou pensariam se cientistas norte-americanos ou israelitas fossem mortos à bomba pelos serviços secretos iranianos. Mas o tema principal deste post não é o que pensa o público ocidental sobre este assunto. O tema é o discurso feito por Rick Santorum num comício em Greenville, Carolina do Sul, pois neste momento este senhor participa nas primárias republicanas para a eleição do próximo porta-voz-fantoche da ditadura económica, ou se preferirem, candidato às presidenciais norte-americanas.

 

Em tom de ameaça, discursando para os seus apoiantes, Rick Santorum defendeu que os EUA deveriam "enviar uma mensagem muito clara de que se você é um cientista russo, norte coreano ou iraniano e vá trabalhar num programa nuclear para desenvolver uma bomba para o Irão, você não está em segurança". Classificou com convicção o assassínio de cientistas iranianos como tendo sido "maravilhosos", insistindo na ideia de que aqueles que trabalham no programa nuclear iraniano "não estão seguros".

 

"Por vezes, cientistas a trabalhar no programa nuclear iraniano irão aparecer mortos. Penso que isso é algo maravilhoso, com toda a franqueza". E, apelando a um profundo chauvinismo, prosseguiu: "Assim actuamos pensando em primeiro lugar nos cidadãos dos EUA. Preocupa-nos a ideia que alguém produza uma bomba nuclear que possa ser lançada sobre Israel ou que forneça um escudo nuclear a um país que difunde o terrorismo com impunidade e que vira as costas ao resto do mundo".

 

Luís Garcia, Šironija, Lithuania

 

 

 
Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas