Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

A esquerda: entre política e ciência, de Ricardo Lopes

 

 

A esquerda entre política e ciência.jpg

 

RICARDO MINI copy  SOCIEDADE POLÍTICA Ciência

 

O que eu gosto é daquele pessoal de esquerda para quem tudo quanto é institucionalizado e parte do "sistema" é negativo, pelo simples facto de fazer parte dele.


Não são contra coisas ou aspetos do sistema porque a forma como funcionam, as coisas que promovem e aquilo em que se baseiam não têm fundamento, são prejudiciais, etc. Não! São contra coisas ou aspetos do sistema, pelo simples facto de fazerem parte do sistema.


Mas tem graça que depois há os que tiram cursos de economia, e contrapõem isso ao facto de existirem pessoas de direita, principalmente políticos, que nem sequer curso tiraram e que, portanto, supostamente não têm qualquer competência para se exprimir ou tomar decisões sobre o assunto, mas nem sequer são capazes de reconhecer, por pura ignorância, incompetência ou perrice, que economia não é ciência.


E, claro, isto é um mero exemplo. A sua mais que evidente ignorância face a questões essenciais, que, claro, também acomete pessoal de direita, e que normalmente envolve mais aspetos e é mais profunda neste quadrante, tem muitas ramificações, e, talvez a pior de todas, é a anticientífica.


É assim, lamento imenso, sei que isto pode dar azo a muita choradeira, mas não há conhecimento que não aquele que é validado empiricamente. É giro e pode ser um bom passatempo andar a filosofar, criar arte, e utilizar essas coisas como fonte de conhecimento. Mas, nada daquilo que quem quer que seja tenha na cabeça é conhecimento a não ser que seja falseável e, portanto, seja colocado em termos o mais objetivos possível e se reporte a coisas reais, podendo, então, ser testado empiricamente e provado como falso ou verdadeiro, aceite ou descartado. Não tem nada de mal. É pura humildade intelectual. A ciência e o método científico são a base para o conhecimento e para esta forma de estar na vida, que é bastante saudável, para não encher a cabeça de entulho. É o que distingue aceitar algo porque soa bem, porque é "intuitivo", porque é "racional", e aceitar algo porque existem evidências para o suportar.


Portanto, há quem diga que tudo é política. É assim, no mundo humano, tudo é cultura, isso é certo. Mas, no mundo real, tudo tem de ser ciência. Porque ciência é o que existe, dentro das limitações que temos em termos de sensibilidade, mas que vão diminuindo com o aprimorar dos instrumentos e dos métodos.


Ciência não se reduz a biologia, física, química, geologia, ciências sociais, ou o que quer que seja daquilo que é tradicionalmente classificado como ciência. Ciência é também aprender a recolher informação, cruzar dados de várias fontes e retirar conclusões com base em evidências. E isso pode aplicar-se a tudo. Por isso é que eu digo que é o único método de conhecimento e o mais saudável.


Portanto, não, não posso respeitar quem é anticiência, quem não respeita o método científico e o de validação empírica de hipóteses e formulação de teorias nessa base, e muito menos posso respeitar quem promove irresponsavelmente, a esmagadora maioria das vezes por ignorância e por força de ideologias, teorias da conspiração.

Ricardo Lopes

 
Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas

Publicidade

Categorias

POLITICA - banner

SOCIEDADE - banner

VIAGENS - banner

RELIGIÃO - banner

ECONOMIA

Literatura

Tecnologia

CIENCIA

FOTOGRAFIA

EN FRANÇAIS

IN ENGLISH

 

Livros em PDF - LISTA DE AUTORES POR ORDEM ALFABÉTICA

Os Nossos Artigos em PDF

Arquivo

O gestor do blog

foto do autor

Siga o blog

Follow