Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Pensamentos Nómadas

Nomadic Thoughts - Pensées Nomades - Кочевые Мысли - الأفكار البدوية - 游牧理念

Desespero mediático 4 - France24

 

 

 

DESESPERO MEDIÁTICO 4.jpg

 

Luís Garcia  POLITICA SOCIEDADE

 

FRANCE24 - "Homes in Palmyra 'looted' by victorious Syrian govt soldiers"

 

Pilhando o quê, propriedade do ISIS? E quê, a France24 agora reconhece a legitimidade de bens pertencentes a mercenários do ISIS? Como assim?

 

Ver se entendo a estória da France24 sobre estes vídeos. Palmira esteve quase um ano sob controlo da organização terrorista ISIS, período durante se torturou, degolou e escravizou a população civil síria que não conseguiu fugir a tempo da barbárie patrocinada pelos nossos impostos. Agora que foi libertada do terror do ISIS, a France24 quer me fazer crer que "os maus da fita" são os bravos soldados sírios e russos que realizaram a incrível façanha? E para me convencer de tal, citam e entrevistam malta do "Palmyra Revolutionary Coordination Council"; um obscuro braço da organização terrorista "Exército de Libertação da Síria" (ELS) com um críptico nome (coordenação em Palmira, do què? enfim...). Para os distraídos, ELS, AlQaeda (Al Nusra) e Frente Islâmica são 3 organizações terroristas treinadas pelo ocidente que lutam juntas na tentativa de derrubar o governo legítimo da Síria. A palavra "libertação" é para baralhar tolos! Não? Olhem que são este mesmos rebeldes do ELS que, de acordo com afirmações do próprio Pentágono, entregaram na última ao ISIS uma boa parte do equipamento militar pesado que haviam recentemente recebido das forças armadas dos EUA! Ou pior ainda, vejam o que tem a dizer este coronel do Exército de Libertação da Síria sobre os seus camaradas e amigos da Al Qaeda e do ISIS:

 

 

 

Mas vamos ao primeiro vídeo da propaganda barata da France24, essa organização mediático-terrorista. Dois (supostos) soldados sírios pilham uma casa de civis sírios que a abandonaram há meses. Será mesmo assim? Primeiro a France24 fala-nos do "pó na casa" cuja suposta existência permite perversa e convenientemente deduzir que a casa foi abandonada há muitos meses. Com a resolução fraca do vídeo e na falta de close-ups e actos que comprovam esta absurda afirmação, esta afirmação não passa disso mesmo, de uma absurda e desonesta manipulação de informação.

 

Portanto, foquemo-nos em pensamento lógico: se os soldados são sírios pilhando de forma infame casas de sírios, por que razão haveriam de filmar os seus crimes e partilhá-los no WhatsApp? Ou, se estavam antes recuperando bens pertencentes a terroristas do ISIS numa casa abandonada há 2 ou 3 dias, qual é o espanto que partilhem alegremente esse feito em redes sociais? Afinal, tudo o que é do ISIS na Síria, ou foi roubado aos sírios, ou foi comprado com o dinheiro do petróleo sírio roubado e das mulheres sírias vendidas como mercadoria!

 

E mais, sejamos coerentes e honestos: como é que, vendo as imagens da destruição imensa de Palmira e sabendo que era exclusivamente habitada por mercenários do ISIS e seus escravos sírios, alguém pode acreditar que uma casa grande e com luxo pudesse ter sido duplamente poupada, quer à destruição inerente à guerra, quer à posterior pilhagem (esta sim) por parte dos mercenários estrangeiros do ISIS aquando da captura da cidade síria!?! Brincamos? A resposta é óbvia! Se ainda continha bens intactos é porque foi uma das poucas casas que sobraram de pé. E se sobrou de pé foi habitada pelos mercenários ISIS pagos por nós. E se foi habitada por esses trogoditas, por certo há-de ter bens de valor lá dentro, sobretudo se tiver sido habitada por alguém com uma posição alta na hierarquia da organização terrorista. Ou, insisto eu, alguém no seu perfeito juízo acredita que uma das poucas casas de pé em Palmira tenha escapado durante estes meses todos ao olhar dos mercenários-terroristas que lá habitaram? E alguém acredita que esses, depois de a encontrarem intacta, não teriam levado a caixa de jóias que aparece no vídeo!?! Ah, espera, ver se percebi, os mercenários do ISIS queimam pessoas vivas, decapitam até crianças, torturam até crianças, vendem mulheres e crianças em jaulas, mas roubar é que não, que aquilo é tudo gente super íntegra! Puta que pariu estes jornalistas! Não tenho palavras para descrever este absurdo! Mas tenho, isso sim, a convicção de que quem deixou para trás uma caixa com joalharia (ver vídeo abaixo) foram os trogloditas dos ISIS há uns meses das atrás... provas não tenho, tal como não as tem a France24!

 

VIDEO 1

 

"O segundo vídeo foi filmado na parte detrás de um jipe, muito provavelmente por um membro das forças governamentais sírias". Começa logo pouco credível a segunda parte do artigo do media de propaganda francês. Mas vamos acreditar uma vez mais que sim, que os ocupantes do jipe eram soldados sírios, de forma a poder colocar uma questão simples. Como é que com um vídeo de uma pilhagem a uma casa e um outro vídeo mostrando lixo misturado com móveis e aparelhos domésticos espalhados à beira de uma estrada não identificada, podem conduzir um jornalista a escrever um artigo cujo primeiro parágrafo acaba em "soldados pilhando casas de civis", tendo em conta que a palavra "casas" representa o plural da palavra "casa"?

 

Quanto ao segundo vídeo em si, enfim, é mais para rir que para comentar! O video mostra alguém chegando não sei onde e estacionando a viatura junto a destroços e lixo acumulado à beira de uma estrada. Se for em Palmira (e haveria de se provar este ponto), aposto que o que se vê nas bermas são os destroços das mobílias e equipamentos doméstico que os mercenários despejaram dos seus veículos há uns dias atrás, quando fugiam das forças armadas sírias e russas, de forma a se libertarem de peso incoveniente e espaço valioso para quem não quer ser morto ou capturado por aqueles que se batem pela integridade do seu país! Temos pena! Ou não!

 

 VIDEO 2

 

Luís Garcia, 04.04.2016, Lampang, Tailândia

Clique aqui para ler Desespero mediático 1 - Síria

Clique aqui para ler Desespero mediático 2 - Turquia

Clique aqui para ler Desespero mediático 3 - Diário de Notícias

 

Fontes:
Homes in Palmyra 'looted' by victorious Syrian govt soldiers

Homes in Palmyra 'looted' by victorious Syrian govt soldiers

Shi'ite militias and Shabiha robbing the homes of civilians in Palmyra

Furniture livelihoods and homes of civilians after the theft and looting by the militias

 

 

 

 

 

 

 
Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas

Haut-Karabagh

 

 

nagorno.jpg

 

Luís Garcia  POLITICA  en français

 

Pour ceux qui n'auraient pas encore remarqué, un conflit à grande échelle est en train d'éclater entre l'Arménie et l'Azerbaïdjan, une évidente agression prenant la forme d'une guerre par procuration, lancée par le désespéré et psychopathe gouvernement turque  contre la Russie. Dommage qu'il en résultera la mort de milliers de jeunes arméniens et azerbaïdjanais (qui, dans le cas de l'Arménie, vont déjà s'enrôler en masse et volontairement : voire les liens un et deux) dans le Haut-Karabagh, qui sera, comme qui dirait, encore un petit génocide arménien à ajouter à la liste, si le monde le permet encore une fois (je parie que oui) et si la Russie ne se décide pas à l'empêcher à temps sans que se produise  entre-temps une Troisième Guerre Mondiale.

 

Et le monde se dirige à grands pas vers cette possible guerre mondiale. Je dirais que 2 à 3 fois par an l'occident (États-Unis et Europe) et leurs barbares apprivoisés (A.Saoudite et Cie) convient la Russie au conflit final. Poutine évite magistralement ces conflits les années passant, comme dans les cas flagrants du coup d’État étasunien en Ukraine ou l'invasion terroriste de la Syrie, pour ne citer que les théâtres les plus importants. Cette nouvelle tentative a commencé il y a 3 jours, nous allons voir ce que ça donne.

 

En ce moment, bien qu'il y ait déjà des pertes (chez les arméniens) à hauteur de dizaines de soldats morts et au moins 10 tanks de guerre perdus, les 2 côtés se concentrent surtout dans la mobilisation militaire vers la frontière entre l'Azerbaïdjan et l’État autonome de fait du Haut-Karabagh, peuplé par des arméniens mais officiellement territoire de l'Azerbaïdjan.

 

On retrouve le suspect habituel, Erdogan, misant sur la barbarie, Erdogan dont le gouvernement vient d'émettre un communiqué d'Ankara affirmant que la Turquie soutient l'Azerbaïdjan pour «en finir avec le conflit» (du Haut-Karabagh) une fois pour toutes. Je parie que c'est un euphémisme pour «nettoyage ethnique» à la manière de ce qu' Erdogan fait en ce moment en territoire turque.

 

Si, au final, la déflagration de ce conflit est évitée, le responsable de l'accalmie sera une fois de plus Poutine, qui le plus souvent est dépeint d'impérialiste et agressif par les médias occidentaux pro-chaos. Que faire de ces lèches-culs ! Poutine pourra certainement le faire, mais une chose est sûre, si Hillary Clinton devient la prochaine présidente de l'empire du chaos et de la barbarie, l'année prochaine, le conflit sera inévitable...

.

 

Luís Garcia, 03.04.2016, Lampang, Thaïlande

(traduction de Claire Fighiera)

 

 

 

 

 
Vá lá, siga-nos no Facebook! :)
visite-nos em: PensamentosNómadas